PM de Coité recupera veículo do vereador de Gavião tomado de assalto há 11 dias


Veículo foi encontrado no Bairro Açudinho parcialmente depenado, sem o jogo de rodas e pneus e sistema de alarme. Mas estava sendo usado por um individuo que conseguiu fugir.A Polícia Militar de Conceição do Coité recuperou na manhã desta segunda-feira, 24, o Chevrolet Celta placa NYI-2928 licença de Gavião, tomando de assalto no fim da tarde de quinta-feira, 13/07, próximo a um posto de combustível às margens da BR 324, em Gavião, levando o seu proprietário o vereador Júlio de Souza Silva, 45 anos, conhecido popularmente e politicamente por Juninho de Zuquinha (PCdoB) como refém, sendo abandonado no matagal próximo a Riachão do Jacuípe.Juninho disse que estava muito confiante que iria receber seu carro de volta pelo empenho que a Policia vinha mostrando e realmente aconteceu. Por volta das 10h40 uma guarnição da 4ª Companhia da Policia Militar de Coité em ronda no bairro do Açudinho, após avistar um veículo Celta de cor preta, estacionado sem a placa dianteira e a traseira com o lacre rompido, após consulta da placa JPL-1395 no sistema MOP, foi verificado que o chassi não coincidia com o do veículo, após consulta no site do Detran pelo chassi original, verificou-se que a placa seria NYI-2928, tendo como proprietária a Vanice Rios de Cerqueira, esposa de Juninho vereador da cidade de Gavião, segundo informações de populares o indivíduo que estava na posse do veículo ao avistar a viatura evadiu-se do local, deixando a chave próximo a uma árvore.

A guarnição comunicou o proprietário que esteve na Delegacia para onde o veículo foi levado e após os procedimentos de praxe foi devolvido.

De acordo com Juninho, seu carro foi encontrado parcialmente ‘depenado’ foi tirado todo jogo de rodas e os pneus novos, inclusive o socorro, sistema de alarme e as placas, conforme registro da PM.

O vereador esteve na delegacia acompanhado da esposa Vanice e ela lembrou com certo humor, que durante a campanha politica alguém usou uma tampinha de garrafa para riscar a pintura do carro, na ocasião Juninho ficou muito chateado, mas hoje ele pode até agradecer, pois, foi mudado o jogo de rodas e as placas, mas o risco na pintura ajudou muito a Polícia a identificar”, falou Vanice.

Redação CN

Três mortos e quatro feridos em colisão próximo a Gavião; um dos veículos seguia de Brasília para Valente

Um grave acidente no inicio da manhã desta sexta-feira, 30, na BR-324, próximo à cidade de Gavião, no Território da Bacia do Jacuípe, deixou o saldo de três mortos e quatro gravemente feridos, após um colisão envolvendo um Fiat Strada e um Voyage, poucos quilômetros de Gavião no sentido Nova Fátima.
No Voyage seguia uma família que saiu de Brasília com destino ao Município de Valente, precisamente para passar o fim de semana prolongado ao lado de parentes no Distrito de Valilândia, e morreu na hora Patrícia de Oliveira Soares, e sua filha Karen de Oliveira. Ficaram gravemente feridos o condutor e esposo de Patrícia de prenome Juriney, uma sobrinha e um bebê não identificados.
Foto
Outra vítima fatal foi o carona do Fiat Strada que não havia sido identificado até o fechamento dessa matéria. O carro pegou fogo após a colisão e ele morreu carbonizado.Não há informações da identidade nem o estado de saúde do condutor.
Ambulâncias de cidades da região e do Samu estiveram no local prestando socorro às vítimas, que após receberem os primeiros socorros na região foram transferidas para unidades de Feira de Santana e Salvador.
Fonte: www.calilanoticias.com
Autor(a): Fotos: Leitor do CN via WhatsApp

Gavião – Joaquim Cunha admite candidatura a prefeito no próximo ano; vai tentar o quarto mandato

O engenheiro Joaquim de Oliveira Cunha (PTB), prefeito por três mandatos no município de Gavião, localizado no território do Jacuípe, disse ao CN que pretende disputar mais uma vez a Prefeitura daquele município em 2016. Ele afirma que vem acontecendo quase que um chamamento popular, segundo ele em decorrência do desgaste da atual administração e vem recebendo “pressão” para sair candidato.
Desde que o município foi emancipado há trinta anos, Joaquim Cunha disputou cinco eleições, vencendo três, e em 2008, quando prefeito pela última vez, apoiou o sobrinho, o advogado Vitalmiro Cunha Júnior, conhecido por Miro, que obteve 47% dos votos válidos, perdendo a eleição para a atual prefeita Benvinda Oliveira, na época filiada ao PMDB, que obteve 52% dos votos, quebrando o ciclo liderado por Cunha. Em 2012, a prefeita Benvinda disputou a reeleição vencendo o próprio Joaquim com 775 votos de frente, ou seja, Joaquim obteve 37% e Benvinda de Laurindo, como é conhecida a prefeita, 61,06% dos votos válidos.
DialogoAberto ao dialogo, Cunha disse que está disposto a conversar com todos aqueles que estão insatisfeitos com a atual gestão e questionado sobre a possibilidade da candidatura do bancário Lourival Antonio Neto, 27 anos, conhecido por Neto de Tinho, funcionário da Caixa Econômica Federal, agencia de Conceição do Coité, seu afilhado de batismo, ele disse que se trata de um bom nome para o futuro, mas que esse não é o momento dele e vai conversar para conseguir seu apoio e da sua família, em especial do seu pai Tinho, que é vereador desde que o município foi emancipado e começou sua carreira politica junto com ele.
Filiado ao PTB, Joaquim Cunha quer de volta o DEM, que hoje estar com o vice-prefeito Juvenal Barreto da Silva e sobre esse assunto já conversou com o deputado Tom Araújo, pois na eleição de 2014 votou em todos os candidatos da coligação “A Bahia Merece Mais”, encabeçada pelo ex-governador Paulo Souto, que obteve 1.017 votos (37,44%), enquanto Rui Costa obteve 1.619 votos (59,61%), resultado parecido com a eleição de 2012 no município.
Joaquim, que estava meio que afastado do município, segundo ele em virtude das atividades profissionais que exerce no município de Santo Estevão, voltou a visitar as bases com mais frequência e vem mantendo contatos com as lideranças em ritmo de pré-campanha, pois entende que 45 dias é pouco para um período eleitoral.
Outros pré-candidatos
FotoAs Eleições 2016 acontecerão no domingo dia 2 de outubro de 2016 e vai eleger novo prefeito e os vereadores que serão os responsáveis por governar o município nos próximos quatro anos. Além dos nomes de Joaquim Cunha, possível candidato da oposição e de Neto de Tinho, que esteve recentemente com o governador Rui Costa (PT), externando seu desejo e buscando o apoio, e falou ao CN que sua candidatura é de centro, buscará apoio de todos os grupos e aparece como a novidade neste pleito, contando com o apoio do deputado Alex da Piatã, a quem apoio na eleição de 2014,
Também aparece na relação dos pré-candidatos na base governista o ex-vereador Lucivando Lima do Nascimento, (PR) conhecido por Vando, que teve o mandato cassado e elegeu a esposa Marcia Almeida Gomes do Nascimento (PR) em 2012 como vereadora mais votada no município,vereadores Júlio de Souza Silva (PCdoB), que já foi vereador e em 2012 ocupou a vaga de vice-prefeito na chapa de Joaquim Cunha, e Raulzinho Moura, atual secretario de transporte do município. Este último segundo fontes ligadas ao Governo Municipal pode ser o de maior simpatia para concorrer como sucessor de Benvinda, pois consegue manter o grupo unido.
Pelo que pôde se notar existe muitos pretendentes para disputar a prefeitura de um dos menores municípios de Brasil. Outros nomes ainda foram citados, mas não tiveram contato direto com o Calila, por isso não foram mencionados.
Fonte: www.calilanoticias.com
Autor(a): Valdemir de Assis

Prefeitura e Câmara de Gavião têm contas aprovadas com ressalva

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) publicou no Diário Oficial desta terça-feira, 15 de dezembro de 2015, a análise das contas da Prefeitura Municipal de responsabilidade de Benvinda de Oliveira Silva e Câmara de Vereadores do Município de Gavião de responsabilidade de Gilson Cunha, ambos tiveram suas contas aprovadas com ressalva, as contas refere ao exercício de 2014, a gestora do executivo foi multada em R$5.000,00, terá que ressarcir aos cofres publico o montante de R$41.946,14 além de restituição no valor de  R$151.990,95, já o presidente da Câmara, apenas teve suas contas aprovadas com ressalva mais não sofreu nenhuma multa, confere texto abaixo:

PREFEITURA

Processo nº 07915-15 - Contas da Prefeitura Municipal de GAVIÃO, exercício de  2014. Gestora/Responsável: Sra. Benvinda de Oliveira Silva. Relator: Conselheiro Fernando Vita. Decisão: Aprovação, com ressalvas e aplicação de multa a Gestora no valor de R$5.000,00 (cinco mil reais), bem assim determinação de ressarcimento aos cofres públicos municipais do montante de R$41.946,14 (quarenta e um mil, novecentos e quarenta e seis reais e quatorze centavos) pela Gestora, bem assim determinação de restituição, com recursos municipais, da importância de R$151.990,95 (cento e cinquenta e um mil, novecentos e noventa reais e noventa e cinco centavos) à conta do FUNDEB, além de determinação para adoção de providências por parte da Gestora. Votaram com o Relator: Conselheiros Raimundo Moreira, Paolo Marconi, Plínio Carneiro Filho e Mário Negromonte. Ato: Parecer Prévio nº 07915/15/2015 e Deliberação de Imputação de Débito nº 07915/15/2015. 

CÂMARA DE VEREADORES

Processo nº 08098-15 - Contas da Câmara Municipal de GAVIÃO, exercício de 2014.

Gestor/Responsável: Sr. Gilson Cunha. Relator: Conselheiro Fernando Vita. Decisão: Aprovação, com ressalvas. Votaram com o Relator: Conselheiros Raimundo Moreira, Paolo Marconi, Plínio Carneiro Filho e Mário Negromonte. Ato: Parecer Prévio nº 08098/15/2015. 

Fonte: www.baciadojacuipe.com.br 

Autor(a): Ediomário Catureba

Gavião - Sucessão Municipal 2016 – Nome de bancário surge como opção

Os eleitores de Gavião irão eleger em outubro do próximo ano, caso seja mantida a atual legislação eleitoral, o seu oitavo gestor e o sexto prefeito, pois Humberto Vieira e Joaquim Cunha exerceram dois mandatos.

Nos meios políticos da cidade começam aparecer nome com possibilidade de ser candidato a exemplo do bancário Lourival Antonio Neto, 27 anos, conhecido por Neto de Tinho. Funcionário da Caixa Econômica Federal, agencia de Conceição do Coité, Neto resiste à ideia, mas não descarta a possibilidade de prestar sua colaboração ao município.

O nome do bancário surgiu depois da eleição de 2014 quando resolveu fazer “carreira” solo e coordenar a campanha do então candidato a deputado estadual Alex da Piatã, obtendo 122 votos, correspondente a 3,91%. “Votar em Alex foi uma questão de conhecer e saber dos seus projetos e não porque pretendia ser candidato a prefeito”, falou Neto.

Ele disse também que estar articulando a criação da Fundação Ricardo Moura com o objetivo de viabilizar recursos para trabalhar com crianças. Filho do vereador Lourival Filho, que exerce o mandato desde que o município foi emancipado, Neto conta que aprendeu e viveu política desde criança e independente de exercer ou não mandato eletivo, vai trabalhar para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Mesmo mostrando uma postura de liberdade, familiares de Neto são veiculados ao grupo político liderado pelo secretário de Administração Laurindo Nazário e tem vínculo afetivo com o ex-prefeito Joaquim Cunha, por quem foi batizado ainda criança.

Informações Adicionais